1280px-Flag of Brazil.svg     Bandeira-dos-Estados-Unidos-2000px  

Bem vindo aos Jogos Políticos, o website!

Jogos Políticos é mais do que um livro. Aqui você tem acesso ao material e seu conceito, você pode revisitar as idéias-chave, descobrir  histórias reais e contribuir com suas soluções.

Entenda as dimensões dos Jogos Políticos nas empresas e participe da discussão!


 

A guerra de e-mails

      Dezenas ou até centenas de e-mails chegam todos os dias em nossas caixas de entrada.

      O e-mail corporativo tem sido uma das principais ferramentas de comunicação entre colaboradores, fornecedores e clientes. Outros tipos de comunicação, principalmente a verbal, tem ficado em segundo plano. O e-mail deveria ser a ferramenta de auxílio para aumentar a produtividade entre as pessoas.

Porém, a infinidade de e-mails que recebemos diariamente tem causado em algumas situações a diminuição dessa produtividade.

Leia mais...

Corrupção

 “Há vários fatores que promovem um ambiente de jogo políticos nas empresas, a falta de confiança em CEOs é um deles. Os colaboradores assumem uma atitude de cinismo quando escutam os CEOs falarem de visão e valores. Em uma atmosfera de desconfiança, os jogos encontram terreno fértil. A racionalização é mais ou menos assim: se não posso confiar em meu CEO (ou em qualquer outra pessoa proeminente na empresa), por que devo zelar por meu comportamento?

Se as pessoas lá em cima jogam, então as de baixo devem imitá-las.”

                                                                    Trecho tirado do livro, pagina 68

 

Leia mais...

Uma reflexão sobre os jogos políticos na política

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O livro Jogos Políticos nas Empresas nos traz uma reflexão sobre o que são os jogos políticos e porque as pessoas jogam.

“Está em nossa natureza humana essa inclinação pelo jogo – quando estamos em grupos, ou quando existe uma disputa por “prêmios” (promoções, simpatia do chefe, financiamento de um projeto, conquista de um contrato e assim por diante) que podemos ganhar ou perder...embora algumas culturas promovam mais os jogos políticos do que outras, praticamente todas as empresas tem uma ecologia de jogos – um padrão que se forma com o tempo e passa a dominar determinado ambiente.”

Jogos Políticos nas Empresas

 

Leia mais...

Conheça os jogos políticos que transformaram a empresa OGX de Eike Batista de um lucrativo negócio à ruína

Nos anos 2000, o empresário Eike Batista passou a exploara águas marinhas com muita ousadia. Criou a empresa OGX para a prospecção, exploração e a produção de petróleo. Eike acelerou cronogramas de exploração e levou ao limite a resistência do mercado de capitais. Em apenas quatro anos, alcançou a estratosfera e despencou de forma espetacular.

 

Leia mais...

Jogos Políticos no escândalo da LIBOR

barclays3_2277632b"Tal comportamento seria impossível se a diretoria do banco não tivesse feito vista grossa para a cultura  do pregão. Os padrões e a cultura do Barclays, e dos bancos em geral, estão com a credibilidade abalada”.

Relatório de 300 páginas do Treasury Select Committee sobre o escândalo Libor Barclays

A taxa LIBOR (London Interbank Offered Rate) forma a base de 550 trilhões de dólares (isto mesmo, trilhões) para financiar hipotecas, cartões de crédito e outras transações financeiras. Durante o verão europeu ficou claro que o Barclays estava sistematicamente “manipulando” essa taxa e por isso pagou uma multa de 453 milhões de dólares.

Leia mais...

Disfunção executiva e Jogos na Diretoria

egoistNo livro “Jogos Políticos”, nós alertamos que alguns líderes– Presidentes em particular – estão mais vulneráveis a jogar os jogos políticos por dois fatores:

1-    A ansiedade que sentem, resultado da grande responsabilidade e dos privilégios que recebem. Os jogos podem ser vistos pelo jogador como uma forma de reduzir, a curto prazo (somente), esta ansiedade.
2-    Eles podem possuir um ego voltado para o narcisismo, paranoia, arrogância quando sob estresse.

Como um exemplo trágico disso, vamos analisar o que aconteceu na Pfizer

Leia mais...

A gestão do “homem-rato”

micemanNa última semana, tive conversas com dois altos executivos de grandes corporações brasileiras da indústria alimentícia e da indústria de construção. Parte da conversa foi sobre o processo de gestão de desempenho das empresas e como ele afeta a cultura da organização.
Basicamente, o processo de gestão de desempenho é geralmente o seguinte: alguém (possivelmente o seu chefe) estabelece objetivos para você, você trabalha durante o ano para atingí-los, alguém o avalia e lhe dá uma nota que lhe traz consequências Leia mais...

Corporações e Psicopatas?

attention_manipulationUm artigo publicado recentemente (Clive Boody, As implicações da Psicopatia Corporativa na Empresa e na Sociedade: Um exame Inicial e Uma chamada à luta (tradução livre)) aborda uma perspectiva interessante para o Jogos Políticos, e uma área que tende a crescer nas corporações modernas. Uma definição para o modo de operar de um psicopata pode ser “manipulador, arrogante, impaciente, impulsivo, sedutor e sem nenhuma consciência”.

 

Leia mais...

Pagina 1 de 2

Compre online agora!

Submarino

Livraria Cultura

Elsevier

Saraiva

Jogos do Mês

Jogo L4 - Envolvimento de Faz de Conta

Para jogar o Envolvimento de Faz de Conta, o gerente realiza pesquisas de opinião, reúne grupos de discussão ou convoca reuniões de envolvimento para comunicar que "sua opinião conta", mas tudo isso tem como objetivo apenas fazer com que as pessoas se sintam participantes, em vez de fazê-las participar realmente. A verdadeira intenção é apenas evitar queixas e fazer com  que os gerentes possam mostrar para seus chefes que estão "fazendo a coisa certa" - engajando seu pessoal no processo de tomada de decisões. Esse mesmo jogo ocorre quando os líderes envolvem superficialmente os subordinados diretos, solicitando seus pontos de vista sobre a estratégia do departamento, mas confiando apenas na propria opinião pessoal. O cinismo acaba sendo a resposta final dos subordinados a esse tipo de jogo, e perde-se  o respeito pela liderança. E a coisa é talvez ainda pior quando o gerente necessita de que seu pessoal se mostre realmente comprometido e colaborativo em um grande projeto, e encontra dificuldade em assegurar seu envolvimento.

Elogios sobre Jogos Politicos

jacopoUma leitura fantástica não apenas para líderes e executivos seniores, mas também para os profissionais que querem crescer dentro de organizações complexas. Goldstein e Read dissecam a dinâmica interpessoal que afeta o desempenho da empresa, proporcionam uma estrutura conceitual para compreensão dos jogos praticados nas empresas, e oferecem ferramentas práticas para correção desses comportamentos e aumento da eficiência.

Jacopo Bracco vice-presidente executivo, DIRECTV Latin America

Leia mais...
Topo

Todos os direitos reservados © Jogos Politicos    -   Desenvolvido por Infoture